As Aventuras de Pinóquio

Autor Carlo Collodi
Coleção Tesouros da Literatura
ISBN 9789897074653
PVP 12,69 € (IVA incluído)
1.ª Edição julho de 2017
Edição atual 1.ª
Páginas 224
Apresentação capa mole
Dimensões 140x208x15 mm
Idade 8+
Categorias 1.º Ciclo de Ensino Básico 2.º Ciclo de Ensino Básico Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais
  • Ler+
  • Metas Curriculares

Plano Nacional de Leitura
Literatura - dos 9-11 anos

Pinóquio é uma das personagens mais célebres da literatura infantil e juvenil.

Texto integral, com uma tradução cuidada, feita a partir do italiano.

Pinóquio está longe de ser um rapaz como os outros. Na verdade, ele é apenas um boneco. Um boneco de madeira, feito pelo seu pai, o velho carpinteiro Geppetto. É traquinas, gosta muito de brincar e pouco de estudar. E o seu maior desejo é ser uma criança como os seus amigos.

Ao escrever As Aventuras de Pinóquio, uma história repleta de humor, ironia e fantasia, Carlos Collodi criou uma obra-prima sobre o esforço que implica o crescimento e a adaptação aos padrões sociais. As peripécias do seu percurso de transformação de boneco em menino continuam a fascinar leitores de todas as idades.

«É muito possível que seja precisamente o que há de rebelde e de aventuroso em Pinóquio que pode explicar a universalidade de uma história escrita em meados do século XIX, numa região da Itália recém-unificada, que foi já traduzida para mais de duas centenas de línguas e é ainda hoje popular em praticamente todas as partes do mundo.» ? in Prefácio de José Lima

A Coleção Tesouros da Literatura, da qual este livro faz parte, oferece uma cuidada seleção de obras fundamentais da Literatura Universal, muitas das quais são recomendadas pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.

Carlo Collodi

Carlo Collodi (1826 - 1890) é o pseudónimo de Carlo Lorenzini. Apesar de ter estudado num seminário não seguiu a carreira eclesiástica, tornando-se ao invés num dos maiores nomes da literatura infantil italiana e mundial. Trabalhou nos primeiros tempos como livreiro e jornalista. Obtendo algum sucesso com dois jornais que criara, começa a escrever peças de teatro e adopta o apelido «Collodi», nome da cidade de origem da sua mãe. Após a unificação italiana abandona para sempre o jornalismo e descobre uma nova área de escrita ao traduzir para italiano os contos infantis de Perrault. O primeiro capítulo de Pinóquio, a sua obra mais conhecida, é publicado numa revista infantil em 1881. Os restantes serão publicados em fascículos sucessivos, tornando-se de imediato num enorme sucesso. Hoje em dia, Pinóquio está traduzido e editado em todo o mundo, tendo sido igualmente alvo de inúmeras adaptações teatrais e cinematográficas (das quais podemos destacar a de Walt Disney e de Roberto Benigni). Trata-se, sem dúvida de um dos maiores clássicos da literatura universal e as suas múltiplas dimensões e variadas possibilidades de leitura, fazem dele uma obra aberta a públicos das mais diversas idades.